[CURSOS][bsummary]
[ANDROID][bleft]

Primeiro serviço de armazenamento de dados de DNA comercial pronto para lançamento em 2019


De acordo com os últimos relatórios, recentemente, uma start-up bem conhecida afirmou que em breve será capaz de armazenar um terabyte de dados em um pellet de DNA do tamanho de um grama. No entanto, aqui permanecem as questões sobre se a tecnologia está pronta ou não.

Uau! Primeiro serviço de armazenamento de dados de DNA comercial pronto para lançamento em 2019

Um dos grandes “problemas” que a humanidade enfrentará, depois de ter entrado fortemente na era digital, é o tamanho necessário de armazenamento para armazenar a enorme quantidade de dados que cada um de nós produz. Estamos na era do Big Data e temos que armazenar esses dados em alguma plataforma de armazenamento digital.
Uma start-up chamada Catalog indica que você pode armazenar um terabyte de dados em um grama de DNA. No entanto, ainda há dúvidas sobre se a tecnologia está realmente pronta ou não.

A história do armazenamento vai mudar

Estamos atualmente vivendo na era do Big Data. Este é um termo que descreve a grande quantidade de dados - estruturados e não estruturados - gerados por indivíduos e empresas diariamente.
Big data pode ser analisado para indicações e informações que levam a melhores decisões e ações estratégicas de negócios. Mas como você armazena esses dados no futuro?

Armazenamento de DNA comercial

O Start-up Catalog, baseado no Harvard Life Lab, anunciou planos para o primeiro serviço comercial de armazenamento de dados de DNA. A empresa diz que desenvolveu uma maneira de armazenar um terabyte de dados - o equivalente a 40 Blu-rays - em um grama de DNA.
O uso do DNA como meio de armazenamento de dados há tempos atrai a indústria graças à sua durabilidade e densidade. Se mantido fresco e seco, o DNA pode durar de forma confiável por centenas.
“Estamos desenvolvendo tecnologia de última geração para armazenar informações digitais em moléculas de DNA. Nossa visão é adaptar o conteúdo de informações de data centers inteiros à palma da sua mão.
Provamos nossa abordagem para codificar dados no DNA e estamos no processo de expandir nossa plataforma. A tecnologia da nossa empresa tornará o uso do ácido desoxirribonucléico o principal meio de armazenamento de dados de longo prazo economicamente atraente ”, disse a empresa em um comunicado em seu site.
De acordo com um artigo publicado pela New Scientist, o DNA é um dos métodos mais densos e duráveis ​​de armazenamento de dados. A agência de notícias disse que o processo de arquivamento é muito semelhante ao armazenamento de informações em um disco rígido.
Essa idéia não é nova, já que a gigante da tecnologia, no passado, mostrou investimento em um projeto que tem um objetivo semelhante.
Então, o que você pensa sobre isso? Basta compartilhar todos os seus pontos de vista e pensamentos na seção de comentários abaixo.


0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário :