Japão está desenvolvendo o primeiro vírus para prevenir crimes cibernéticos - Anonymous Hacker

[Latest News][10]

Análise de Vulnerabilidade
ANDROID
ANONYMOUS
ANTI-DDOS
ANTI-SPYWARES E ADWARES
APK PRO
APOSTILAS
CIÊNCIA
CURSO PHP
CURSO TCP / IP
CURSOS
CYBORG
CYBORG FALÇÃO
DDOS
DEEPWEB
DICAS
DOCUMENTARIO
DoS
EXPLOIT
FACEBOOK
Ferramentas de rede
FORENSE DIGITAL
INVASÕES
IPHONE
JOGOS
KALI LINUX
Lixão
MAC OS
Malware
MySQL
NOTÍCIAS
PAGINA FAKE
PHP SCRIPT
Programa De Invasao
PROGRAMAÇÃO
PROGRAMAS
PROXY
SCRIPTS
SEGURANÇA
SHELL
SISTEMA OPERACIONAL
TÉCNICA DE INVASÃO
Termux
VIDEOS
VPN
WHATSAPP
WINDOWS
Wireless Attacks
z=

Japão está desenvolvendo o primeiro vírus para prevenir crimes cibernéticos

O Ministério da Defesa do Japão quer desenvolver um vírus que possa invadir  sistema de hackers

Japão é um país fascinante com hotéis automatizados onde os robôs atendem os hóspedes. Há muitos feitos tecnológicos que o país alcançou, mas ainda está atrás de outros países quando se trata de segurança cibernética. No ano passado, muitas pessoas ficaram chocadas quando um ministro japonês que chefia o departamento de cibersegurança disse que não usou um computador em sua vida.
Agora, parece que o Japão está tomando medidas rigorosas para melhorar o estado da segurança cibernética no país. Conforme relatado pelo The Japan Times , o Japão está desenvolvendo seu primeiro vírus de computador para se defender contra hackers. Fontes revelaram que o vírus de computador atuará como uma medida de defesa no caso de um ataque cibernético acontecer.

Vírus para prevenir ataques cibernéticos?

O Ministério da Defesa do Japão quer desenvolver um vírus que possa invadir  sistema de hackers
Sim, você ouviu direito. O Ministério da Defesa do Japão quer desenvolver um vírus que possa invadir  sistema de hackers. As autoridades esperam que isso desencoraje os hackers de realizar ciberataques. O vírus será desenvolvido como parte dos esforços sob os quais o Japão está tentando reforçar suas capacidades de defesa em áreas como o ciberespaço e o espaço sideral.
O primeiro vírus a se defender contra ataques cibernéticos será desenvolvido por empresas privadas e não será usado para um ataque preventivo, de acordo com uma fonte do ministério.
As políticas do governo do Japão proíbem ataques cibernéticos, a menos que seja contra um país ou uma organização que seja equivalente a um país.
Além disso, o país também aumentará o número de pessoas trabalhando em sua unidade de ciberespaço para 220, do número atual de 150. Em comparação com outros países como os EUA, que tem 6.200 pessoas para garantir a segurança cibernética do país e da China, que empregou 130.000 o objetivo, o Japão ainda está atrasado.
Ainda é preciso ver como o primeiro vírus de computador de defesa do Japão funcionaria e como isso ajudaria na cura de ataques cibernéticos no país.

Sobre

trabalho com segurança da informação a 13 anos, grande parte desse tempo como professor. Fiz meu bacharelado em ciência da computação, especialização em segurança da informação e logo após, mestrado em ciência da informação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Start typing and press Enter to search